Laboratórios

LECC- Laboratório de Estudo da Cidade e Cultura
Movimentos Sociais e Mídia: Embates e aproximações
Laboratório Ciência, Tecnologia, Inovação & Sociedade LACTIS
01.

LECC- Laboratório de Estudo da Cidade e Cultura

O Laboratório vem desenvolvendo estudos no âmbito da Pós-Graduação em Sociologia da UCAM- IUPERJ sobre processos de constituição de identidades e de diferenciação social que se propagam e se manifestam no âmbito da cultura da Cidade. Assim, a cidade é entendida como instância privilegiada de políticas públicas, produção e negociação de alteridades, de trajetórias e dinâmicas indentitárias e de expressões de conflitualidade e disputas de poder e sentido. Os estudos aqui inscritos buscam identificar as relações que são engendradas e se sociabilizam no universo cultural brasileiro, que, ao mesmo tempo rico e formador de identidades e alteridades, mascaram e naturalizam hierarquias e discriminações espaciais, sociais; de classe, gênero e étnicos. Busca-se também abordar teórico e empiricamente os mecanismos atuantes na cultura contemporânea que tanto mitigam e subalternizam identidades, como os que propiciam experiências emancipatórias aos sujeitos sociais.

02.

Movimentos Sociais e Mídia: Embates e Aproximações

O laboratório via estudar os processos que constituem a mídia brasileira e sua relação com os movimentos sociais. Apreender as estratégias dos movimentos sociais para lidar com a atuação da mídia. A criminalização dos movimentos sociais pela mídia: objetivos e repercussões. Abordar teórico e empiricamente os mecanismos que constituem tanto o discurso midiático, quanto sua prática e a resposta dos movimentos sociais. O impacto da atuação da mídia na sociedade: leituras acerca do papel dos movimentos sociais. Liberdade de imprensa e regulação da sociedade: a quem interessa? Quais os impactos políticos?

Mais Informações: www.lmsm.slg.br

03.

Laboratório Ciência, Tecnologia, Inovação & Sociedade LACTIS

Realiza pesquisas sobre as políticas de inovação e empreendedorismo, principalmente tecnológico. Suas pesquisas visam a identificar, caracterizar e analisar práticas e experiências no diagnóstico de problemáticas e temas de inovação e empreendedorismo; concepção e formulação de políticas, desenho de programas e elaboração de instrumentos, estratégias, procedimentos de implementação e indicadores e modelos de monitoramento e avaliação destes. São também objeto de interesse, a identificação de tendências e o estudo de teorias e conceitos de inovação na política pública, críticos para a formação e avaliação de políticas na área. Os resultados obtidos contribuem para a melhoria da capacitação tecnológica e científica pela: identificação de alternativas de política baseadas em pesquisa e análise de evidências e novas dimensões; elaboração de marcos estratégicos e benchmarkings institucionais e corporativos de inovação; produção e disseminação de evidência a partir do monitoramento e avaliação de processos, resultados e impactos de política de inovação e estatísticas; análise de regimes institucionais para apoiar estratégias de desenvolvimento de sistemas nacionais e regionais de inovação. Sua equipe multidisciplinar e multi-institucional (UFRJ, USP, UFRGS), já realizou e realiza trabalhos para instituições nacionais e estrangeiras (dentre outras FINEP e CGEE/MCTI, União Européia, ANP e SOFTEX) e empresas como a Light e Eletropaulo; e atividades acadêmicas em conjunto. Incorpora também estudantes de graduação e pós-graduação cujas monografias e teses se alinham com seus temas de pesquisa. Pesquisas atuais incluem análises de políticas nacionais e setoriais de inovação e comparativa de experiências internacionais e de grupos de interesse e instituições.

× Ajuda